Uso de Bioindicadores na
Avaliação de Impacto Ambiental

Em geral, os invertebrados apresentam respostas demográficas e dispersivas mais rápidas do que organismos com ciclos de vida mais longos. les também podem ser amostrados em maior quantidade e em escalas mais refinadas do que os organismos maiores. Os artrópodes estão sendo cada vez mais utilizados para avaliar a diversidade e a composição de espécies de habitats ou fisionomias distintas e para avaliar respostas a diferentes regimes de perturbação ou manejo (Lewinsohn et al., 2005). Desta forma, os insetos são excelentes bioindicadores de perturbação ambiental, portanto sendo utilizados nas avaliações de impacto ambiental.

O Laboratório de biomonitoramento Ambiental da Methodos Consultoria Agronômica e Ambiental, possui equipe de consultores especializada neste tipo de levantamento, contanto com Biólogos (Zoólogos e Botânicos), Engenheiro Ambiental, Engenheiro Florestal, Engenheiro Agrônomo, Gestor Ambiental e etc.


LEWINSOHN, T.M.; FREITAS, A.V.L.; PRADO, P.I. Conservação de invertebrados terrestres e seus habitats no Brasil, Megadiversidade, v. 1, n. 1, p 62-69, julho 2005.